7 Benefícios da Dieta hCG que a indústria de remédios esconde de você

Tempo de leitura: 3 minutos

1
Em décadas de uso do HCG, o Dr. Simeons observou mais benefícios do que simplesmente diminuição do peso e melhora da aparência física. A técnica ajudou a melhorar vários outros problemas de saúde relacionados com a obesidade.

A indústria de medicamentos faz de tudo para que essas informações não cheguem até você. Quer saber por quê? O interesse é manter as pessoas presas a tratamentos caros e longos. Eles perderiam milhões e milhões na venda de medicamentos.2No entanto, é possível se livrar de muitas dessas doenças consideradas crônicas simplesmente com o tratamento da causa deles, a obesidade, com o HCG. Considero como benefícios adicionais da dieta. Afinal, acredito que, como eu, quem se compromete com o HCG não está buscando apenas um número na balança. O objetivo final é uma qualidade de vida melhor.

Estas algumas das doenças crônicas que o HCG trata efetivamente:

3

Diabetes tipo 2 – Com duas a três semanas após o uso, o Dr. Simeons observou uma queda dos valores elevados de glicemia de jejum para níveis normais. Isso quer dizer que o açúcar livre no sangue diminui efetivamente, sem necessidade de uso de insulina ou outro remédio.

Hipertensão arterial – Normalmente há a redução da pressão arterial durante a dieta. A pressão tende a se manter em níveis melhores do que os iniciais ao fim do tratamento, devido ao emagrecimento.

Dores reumáticas Foram observadas melhoras das dores reumáticas alguns dias após o início do tratamento. Após o término do ciclo de HCG, os pacientes relatam que as dores às vezes retornam, mas com menos intensidade do que anteriormente.

Psoríase – Os pacientes apresentavam grandes melhoras durante o tratamento. No entanto, tinham recaídas no final do ciclo.

Úlcera varicosa – Nos pacientes obesos com úlcera varicosa houve rápida cicatrização das feridas.

Úlcera péptica – Os indivíduos obesos com úlcera duodenal tiveram melhoras importantes. Isso mostra uma similaridade com a gravidez, quando raramente ocorre úlcera péptica.

Colesterol – Há mudanças significativas no perfil de colesterol de quem faz um ciclo de HCG. Vamos explorar melhor este tema abaixo.

4

Se a pessoa tem o colesterol normal, com o início do ciclo de hCG ele aumenta e retorna a valores normais após o tratamento. Nos indivíduos que já têm colesterol elevado, possivelmente também haverá um aumento transitório.

Apesar de a primeira impressão ser algo negativo, o que ocorre é o seguinte: nas avaliações de acompanhamento, o colesterol fica em níveis muito melhores do que era antes do início do ciclo. O Dr. Simeons acreditava que a elevação do colesterol total ocorria pela liberação de colesterol de depósito (ou seja, o colesterol que se encontra na gordura acumulada e que não esteja aderido na parede das artérias). Em outras palavras, o ele acreditava (apesar de não ter sido provado) que o tratamento com HCG poderia, ao menos parcialmente, evitar o depósito de colesterol que não estivesse calcificado ainda.

Estudos subsequentes sugerem que ele pode ter razão. O fato de o tratamento com HCG estimular o aumento de colesterol pode, na verdade , ser um benefício, e não um risco.

Pessoas saudáveis não compram remédios, e isso é um grande prejuízo para quem lucra com a obesidade e doença alheia. Por isso, fique de olho, e nem sempre acredite no que indústrias farmacêuticas dizem. Mais do que te deixar saudável, o que realmente interessa é garantir o crescimento dos seus lucros.

Gostou? Não deixe de compartilhar esse post com seus amigos para que cada vez mais pessoas saibam sobre isso da melhor maneira possível. E deixe seu comentário se tiver dúvidas.

Um beijo,

LovLud

5

Comentário

comments