Dieta Dash: Uma vida mais saudável para prevenir doenças!

Tempo de leitura: 5 minutos

Escrito pela Nutricionista Michelle L. dos Santos – CRN 28536.

Dieta Dash. Você já ouviu falar nela? Resultado de um estudo de anos do Instituto Nacional do coração, Pulmão e Sangue esta dieta tem conquistado cada vez mais adeptos. Hoje vamos dar a você a oportunidade de conhecê-la melhor e mudar de vez o seu estilo de vida. Confira o artigo da nossa nutri Michelle Leite!

Dieta Dash o que é?

 

Dieta Dash significa “Abordagem dietética para impedir a hipertensão”! Como o próprio nome sugere este é o tipo de dieta que visa um estilo de vida mais saudável para prevenir a hipertensão e outras doenças relacionadas à obesidade e maus hábitos alimentares.

Dieta Dash como funciona?

 

O objetivo desta dieta é promover bons hábitos alimentares com:

  • A restrição do sódio que é o grande responsável por aumentar a pressão nos vasos sanguíneos e consequentemente a pressão arterial. Além disso, o sódio provoca a retenção líquida e como resultado você se sente muito mais inchado do que realmente está refletindo isto na balança!
  • Restrição de gordura saturada, a gordura inimiga da saúde do coração e da manutenção do peso. Este tipo de gordura está presente em alimentos como carnes vermelhas com capa de gordura, leite integral, queijo amarelo, óleos, manteiga, banha e gordura vegetal. O principal problema do consumo destas gorduras é que elas se acumulam nas artérias impedindo a passagem normal do fluxo sanguíneo;
  • Restrição de açúcar. O consumo em excesso do açúcar leva ao ganho de peso já que estimula a produção de mais insulina e insulina em excesso se transforma em gordura no corpo.

Para que todas estas restrições sejam obedecidas e você ganhe a oportunidade de perder peso com qualidade de vida a dieta Dash pede a inclusão de:

  • Frutas;
  • Verduras;
  • Legumes;
  • Boas fontes de gordura como as encontradas no salmão, azeite de oliva extra virgem, atum, frutas oleaginosas.

Dieta Dash cardápio como montar?

 

Esta dieta é estabelecida em 2000 calorias diárias e estas calorias dizem respeito a um cardápio planejado para o controle da hipertensão incluindo alimentos mais saudáveis. Por esta razão se bem equilibrada a dieta Dash pode sim atender às necessidades de perda de peso se a dieta for combinada com a prática de atividade física regular.

Agora acompanhe como deve ser composto o cardápio desta dieta:

  • Grãos: Devem ser consumidos de 6 8 porções diárias. De preferência pelas versões integrais que são ricas em fibras que dão saciedade e melhoram o funcionamento intestinal. Inclua no cardápio pães, massas, ovos, aveia e cereais em geral;
  • Carnes magras como frango sem pele, peixe, carnes vermelhas como coxão mole e patinho. As carnes magras fornecem proteínas trazendo muito mais saciedade além de contribuírem para o ganho de massa magra. Consuma no máximo 6 porções diárias dando preferência pelos grelhados assados ou cozidos;
  • Leite e derivados: Devem corresponder de 2 a 3 porções diárias do valor calórico total dando preferência pelas versões desnatadas;
  • Verduras e legumes: Para uma dieta equilibrada o ideal é de 4 a 5 porções diárias. Para ganhar mais saciedade e assim conseguir perder peso inicie as refeições principais pelas saladas, por serem ricas em fibras elas irão ajudar você a não exagerar nas quantidades na hora de se servir. As fibras funcionam também como verdadeiras “vassourinhas” limpando do seu sangue todas as toxinas e gorduras acumuladas na corrente sanguínea o que ajuda a combater o colesterol alto;
  • Frutas: As frutas contêm vitaminas, minerais e fibras nutrientes importantes para o bom funcionamento do seu organismo incluindo o seu metabolismo. Mas não é porque são benéficas que você pode consumi-las à vontade, pois tudo em excesso é prejudicial ao organismo. Consuma de 4 a 8 porções diárias;
  • Frutas oleaginosas e leguminosas: As frutas oleaginosas são ricas em ácido graxo Ômega 3 que tem ação anti-inflamatória o que ajuda a eliminar as gorduras indesejáveis. Consuma de 4 a 5 porções por semana para manter o equilíbrio da dieta como noz, castanha-do-pará, amêndoas, ervilhas, lentilha e outros;
  • Óleos e gorduras: Devem corresponder de 2 a 3 porções diárias dando preferência pelas boas fontes de gordura como a insaturada e polinsaturada.

O que evitar na dieta?

 

De forma resumida você deve evitar:

  • Açúcares dando preferência por frutas e chocolate amargo com 70% de cacau ou mais;
  • Frituras;
  • Alimentos industrializados, pois são ricos em sódio, conservantes, aromatizantes e outros compostos nada saudáveis;
  • Bebida alcóolicas, substitua-as por água de coco e chás sem açúcar;
  • Cafeína: Muitos estudos ainda têm sido feitos em torno dos benefícios e malefícios da cafeína. Uma coisa é certa ela é um estimulante natural que aumenta de forma temporária a sua frequência cardíaca. Por esta razão nesta dieta ela deve ser consumida com moderação. Aconselha-se também evitar bebidas que a contenham como café, alguns tipos de chás, refrigerantes e energéticos.

Como você pode ver o foco principal desta dieta é prevenir a hipertensão e seus males através de um estilo de vida mais saudável onde a perda de peso é uma consequência. Se você se identificou com esta dieta deixe o seu comentário aqui, estamos interessados em sua opinião. O importante é que independente da dieta que você escolha busque por orientação de um nutricionista para adequar a dieta às suas reais necessidades.

Além disso, toda alimentação saudável deve ser combinada com a prática de atividade física para trazer resultados expressivos e definitivos. E então gostou de conhecer sobre a dieta Dash? Este post te ajudou? Se sim, curta, compartilhe e faça as informações que aprendeu chegar a mais pessoas.

Até a próxima!

Comentário

comments