Compartilhe:

Primeiramente, é preciso entender que existem diferenças entre a intolerância alimentar e a alergia alimentar. Apesar de ser um tema pouco exposto, na realidade, intolerância e alergia alimentar são duas situações diferentes, que requerem cuidados relacionados à alimentação.

Intolerância Alimentar X Alergia Alimentar

Na alergia alimentar, há uma resposta imunológica imediata, aonde organismo cria anticorpos, como se o alimento fosse um agente agressor. Por isso, os sintomas são generalizados.

Já a intolerância alimentar se trata de uma resposta exagerada do organismo, causada pelo consumo de determinados alimentos. Essa situação ocorre quando o alimento não é digerido corretamente e, dessa forma, os sintomas surgem, principalmente, no sistema gastrointestinal. Porém, não há a participação do sistema imune nessa resposta.

Além disso, a intolerância alimentar é muito mais frequente do que a alergia alimentar e pode afetar qualquer individuo sem histórico familiar, enquanto a alergia alimentar geralmente é um problema mais raro e genético.

intolerância alimentar

Causas da Intolerância Alimentar

A intolerância alimentar é causada pela produção insuficiente, ou mesmo ausência, no organismo de enzimas digestivas. Na intolerância a um determinado alimento, a sua ingestão constante leva à alteração do padrão normal de produção de anticorpos IgA, para um padrão de produção de níveis altos de anticorpos IgG.

Ela pode surgir em qualquer época da vida e é um processo que leva ao aparecimento de doenças de grau moderado, que são bastante difíceis de detectar pois, raramente se associam aos alimentos ingeridos.

Ou seja, os sintomas são vários e, em um primeiro momento, o médico irá solicitar inúmeros exames, para somente depois de muita análise poder dar o diagnóstico de intolerância alimentar.

Os exemplos mais comuns de alimentos que causam intolerância são: o leite de vaca e a farinha de trigo.

Veja Também: O Leite Faz Mal?

A intolerância ao leite de vaca deve-se á lactose presente em sua composição. E a intolerância á farinha de trigo é por conta do glúten que também está presente em sua composição.

Mas, além desses alimentos, podem ainda existir intolerâncias aos: frutos do mar, peixes, corantes, conservantes e intensificadores de sabores.

intolerância alimentar

Consequências da Intolerância Alimentar

Como dito anteriormente, a exposição contínua decorrente da ingestão de determinado alimento pode levar a situações que, numa primeira análise, nunca seriam relacionadas com a alimentação.

Assim, este é um processo complexo e difícil de detectar, com manifestações clínicas variadas, de caráter insidioso, por vezes difíceis de diagnosticar e relacionar com o alimento, por se tratarem de patologias de grau moderado e evolução crônica.

Na intolerância alimentar, a formação de anticorpos IgG dirigidos a proteínas de alimentos tem um papel importante no processo fisiopatológico. Na intolerância a um determinado alimento, a sua ingestão continuada leva à alteração do padrão normal de produção de anticorpos IgA, para um padrão de produção de níveis elevados de anticorpos IgG, dirigidos a certos alimentos com indução de processos patológicos muito diversos.

Os sintomas da intolerância alimentar podem variar entre os seguintes:

  • Digestivos: Dores e cólicas abdominais, obstipação, diarreia e síndrome do cólon irritável.
  • Dermatológicos: Acne, eczema, psoríase, urticária e prurido.
  • Psicológicos: Ansiedade, letargia, depressão, fadiga e náuseas.
  • Neurológicos: Cefaleias, enxaquecas, tonturas, enjoo e vertigens.
  • Respiratórios: Asma, rinite e insuficiência respiratória.
  • Obesidade: Nas pessoas obesas ou acima do peso, que respondem mal aos tratamentos habituais de emagrecimento, verifica-se uma diminuição de peso com a eliminação na dieta de alimentos que se revelaram intolerantes.
  • Outros: retenção de líquidos e artrite.

Os sintomas citados acima, geralmente podem levar desde horas até dias a aparecer.

Causas da Alergia Alimentar

As alergias alimentares afetam de 3 a 4% da população adulta, mas são as crianças que apresentam os índices mais altos. 6 a 8% das crianças com menos de 3 anos de idade sofrem de alergias alimentares.

A predisposição genética é uma das principais causas para manifestação da alergia alimentar. Estudos indicam que 50 a 70% dos pacientes com Alergia Alimentar possuem história familiar de alergia. Se o pai e a mãe apresentam alergia, a probabilidade de terem filhos alérgicos é de 75%.

Veja Também: Por Que as Crianças Estão Nascendo Alérgicas?

intolerância alimentar

Outra causa do surgimento de alergia alimentar é a sensibilização precoce ao alimento alergênico,  que significa o início do consumo precoce dos alimentos mais comuns na lista de alimentos alergênicos, antes dos primeiros 3 anos de vida. Nessa fase, o trato gastrointestinal não se encontra totalmente desenvolvido.

Os principais alimentos causadores de alergia são: leite de vaca, glúten, soja, ovo, amendoim, peixes, crustáceos e frutos do mar.

Os alimentos mais comuns são, mais uma vez, o leite de vaca e o glúten.

Mas diferente da intolerância, como no caso do leite de vaca, o problema não é a lactose e sim pela presença de algumas proteínas do leite, que são identificadas pelo nosso sistema imunológico como agentes agressores, desencadeando vários sintomas desagradáveis.

E no caso do glúten, essa alergia é denominada Doença Celíaca, que é uma doença incurável e, uma vez diagnosticada, o único tratamento é através da alimentação.

Consequências da Alergia Alimentar

Os sintomas da alergia são muito variados e podem aparecer instantaneamente ou levar dias. As pessoas que apresentam alergia alimentar podem apresentar os seguintes sintomas:

  •  Dermatológicos: urticária, inchaço, coceira, eczema/dermatite.
  • Digestivos: diarreia, cólica, cólica abdominal, refluxo, vômito.
  • Respiratórios: rinoconjuntivite, tosse, rouquidão, chiado no peito.
  • Outros: Náuseas e em alguns casos pode levar ao comprometimento de vários órgãos (reação anafilática).

É preciso estar sempre atento, pois assim que os primeiros sintomas de alergia surgem, é importante medicação imediata para a alergia, conforme receita médica.

Se a alergia surgiu pela primeira vez é importante ficar atento ao sintomas que surgem, sendo necessário procurar socorro médico se existirem sinais de piora.

Agora que você conhece a diferença entre alergia e intolerância alimentar, faça parte da corrente do bem do Balança Certa. Compartilhe com seus amigos e pessoas que você ama, assim, elas também poderão aproveitar para conhecer, diferenciar e agir, para casos de intolerâncias e alergias alimentares.

Abraços e até a próxima

LovLud

 


Compartilhe:

Autor(a): Ludmila Pessotti

O programa Balança Certa é para homens e mulheres que tem pressa em recuperar a sua saúde e boa forma.

1 thought on “Conheça A Diferença Entre Alergia e Intolerância Alimentar”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Nós prometemos 7 receitas deliciosas e nutritivas de sucos e aqui estamos nós na 6ª receita!!! Quer ficar por dentro de todas? É só acessar #sucosdetoxbc 
6 - Detox Melão
- 1 fatia de melão
- 3 castanhas-do-pará

Bata tudo no liquidificador com 300ml de água. O melão auxilia na saúde cardiovascular e estimula o sistema imunológico, já a castanha-do-pará possui gorduras boas, além da propriedade antioxidante.
  • Você sabia que a dieta HCG não dá fome mesmo consumindo apenas 500 calorias por dia? Parece difícil de acreditar. Mas o hormônio HCG tem essa função de buscar energia das reservas de gordura do corpo. Ou seja, das nossas gordurinhas localizadas. Você emagrece rapidinho, com muita saúde e perdendo exatamente as gorduras mais difíceis! Clica no link da nossa Bio e fique por dentro!

#HCG #Dieta #BalancaCerta
  • Quer comer um pãozinho delicioso e super prático?

Pão das nuvens
Ingredientes
• 3 ovos
• 60 gramas de queijo cottage ou cream cheese
• ¼ colher (café) de bicabornato de sódio de fermento

Modo de preparo
O primeiro passo é separar as gemas das claras. Reserve. Em uma batedeira, bata as gemas, juntamente com o queijo (o queijo não pode estar gelado). Bata esta mistura até a massa ficar bem lisa. Em outro recipiente, bata as claras em neve junto com o bicabornato ou fermento. 
Com o auxílio de uma colher, vá misturando devagar a massa às gemas já batidas. Pegue uma assadeira, forre com papel manteiga ou alumínio. Faça porções com a massa em forma de círculos pequenos. Leve para assar, em forno pré-aquecido a 150 graus por 15 a 20 minutos, ou até ficarem dourados.

#receitaslowcarbbc #receitasbc
  • Todo mundo já ouviu falar em óleo de coco, ele é a modinha do momento. E, assim como você, nós sabemos que não existe nenhum produto milagroso que é bom para tudo, né?!
Mas o óleo de coco tem algumas propriedades para a beleza que são super úteis!
Vamos trazer algumas dicas nas próximas semanas e queremos saber para o que você utiliza esse óleo maravilhoso! 
Conta pra gente nos comentários! #oleodecocobc
  • Muita gente ouve falar sobre a dieta lowcarb, mas pensa "Será que eu posso? Não vai me fazer mal?".
Em geral, a dieta lowcarb não tem restrições. Porém se você tem ou já teve insuficiência renal, cardíaca ou hepática ou se tem diabetes não deve segui-la sem antes conversar com o seu médico, pois ela pode colocar a sua saúde em risco. 
Atletas e praticantes de atividades físicas também devem ter um cuidado maior para não comprometer o rendimento, caso tenha dúvidas procure um nutricionista para realizar uma avaliação.
Do mais, a dieta pode ser feita sem medo!
Quer saber mais? Entre em contato conosco!

#LowCarb #Saude #BalancaCerta
  • Todo mundo sabe que uma alimentação colorida é muito mais saudável. Mas você sabe o motivo?
Cada cor dos alimentos é rico em alguns nutrientes específicos e toda semana estamos trazendo quais são para você. 
Você já viu os posts das últimas semanas com os benefícios de cada cor dos alimentos? Siga nosso perfil para receber muito mais dicas!

Fontes de potássio e cálcio, contribuem para a manutenção dos ossos, favorecem a regulação dos batimentos cardíacos e são fundamentais para o funcionamento do sistema nervoso e dos músculos.

Exemplo: Banana, couve-flor, feijão branco, leite.

#Branco #Alimentos #BalancaCerta
  • Falando sobre generosidade, lembro sempre de Steve Wynn, o americano dono de um hotel cassino em Las Vegas.
Steve decidiu vender uma pintura que tinha, um lindo quadro de Picasso, por US$ 139 milhões, o preço mais alto já pago por uma obra de arte até então.
No final de semana que aconteceria a venda do quadro, ele recebeu alguns jornalistas em seu escritório para mostrar a pintura. Ele conduziu os jornalistas e começou a contar a história de como adquiriu o quadro. Enquanto falava, ele estava de costas para o quadro.
Steve sofre de uma doença ocular, que afeta sua visão periférica e, algumas vezes interfere na sua interação com objetos próximos e, sem perceber, ele se apoiou na parede enquanto falava. Nesse momento seu cotovelo direito atingiu o quadro e perfurou a imagem. Steve virou-se, colocou seu dedo mindinho no buraco e observou sem acreditar no que tinha acabado de fazer.
Então ele disse a seus convidados: "Bom, estou feliz por eu ter feito isso e não vocês".
Esta é uma das coisas mais impressionantes e gentis que já ouvi. Esse comentário me ensinou muita coisa sobre generosidade que uso até hoje.
Em vez de praguejar ou ficar com raiva, ele simplesmente disse: "Estou feliz por eu ter feito isso e não vocês". Em outras palavras, melhor ele porque pelo menos ele poderia pagar pela restauração.
Quando penso em uma vida verdadeiramente rica, não penso apenas em usar um terno bonito ou ter um apartamento legal. Penso em ser generoso com meu tempo e dinheiro. Na verdade, às vezes, uma simples palavra pode ajudar muito mais do que um cheque de R$ 10 mil.
É curioso perceber que quanto mais generosa comecei a ser, mais bem-sucedida me tornei.
Pense sobre como você pode ser generoso. Isso não precisa ser caro, faz bem e vai te levar a um outro nível.
#balancacerta #mudesuamente
  • Você sabia que a dieta Lowcarb além de auxiliar no processo de emagrecimento, também auxilia no ganho de disposição física e na prevenção e tratamento de muitas doenças? Sim, ela auxilia a previnir Síndrome de ovário policístico, Diabetes gestacional, Refluxo gastroesofágico, Doenças articulares, Fertilidade, Acne, Função respiratória, No aumento do HDL, diminuindo LDL e triglicérides, Controle da pressão arterial, entre outras.
Entre em contato conosco e saiba mais!

#LowCarb #Saude #BalancaCerta

Siga-nos no Instagram

error: Conteúdo protegido!!