Muitas vezes, no desejo de emagrecerem as pessoas apelam para as dietas perigosas, colocando a sua saúde em risco. Isso sem considerar o passo importante da a reeducação alimentar! E após muitos sacrifícios tem que conviver com a frustração de não terem alcançado seu objetivo ou depois de emagrecer ver seu peso voltar novamente. Te faz lembrar alguém?

Se você faz parte deste grupo, hoje a sua história de vida pode mudar, pois vou mostrar a você como emagrecer com a reeducação alimentar e conquistar a boa forma de maneira definitiva. Vamos lá!

Emagreça com a reeducação alimentar em 4 dicas

A reeducação alimentar que muito se fala por aí, mas que talvez não tenha tanto destaque quanto as “dietas milagrosas” é a oportunidade de emagrecer mudando seus hábitos, adquirindo uma alimentação correta.

Isso em parte é culpa da pessoa que quer fazer a dieta, ela passou anos engordando e quer emagrecer 20 quilos em 10 dias e ficar linda para sempre comendo lasanha, pizza e chocolate…quem não quer né? Na reeducação alimentar, a mudança de hábitos acontece de forma natural e perder peso é só uma consequência.

A partir de agora, você irá aprender como fazer uma reeducação alimentar e emagrecer de forma definitiva. Anote!

Dica 1. Aumente o consumo de água

A maioria das pessoas quando decidem perder peso, focam apenas no cardápio e em quais exercícios físicos devem fazer, mas se esquecem da importância que o consumo adequado de água tem para o sucesso do processo de emagrecimento. A água exerce muitas funções como:

  • Ajudar na digestão dos alimentos, assim como na absorção e transporte de nutrientes como vitaminas e proteínas;
  • Manter a temperatura corporal estável;
  • Manter a saúde da pele, deixando-a brilhosa e mantendo a elasticidade da mesma;
  • Servir como base para a produção do sangue e outras secreções como a lágrima, saliva, além de lubrificar vários órgãos do corpo;
  • Mantê-lo hidratado, ajudando a preservar a massa magra. O que é ideal para quem deseja emagrecer e definir o corpo ao mesmo tempo, pois quanto mais massa magra, melhor o seu metabolismo irá funcionar;
  • Trazer saciedade. É isto mesmo! Beber água no intervalo das refeições ajuda no ganho de saciedade e até mesmo a controlar a compulsão por doces;
  • Ajudar a acelerar o seu metabolismo. A água funciona como um termogênico, ajudando a acelerar o seu metabolismo e contribuindo para a perda de peso.

O quanto tomar de água para manter-se saudável?

Agora você já sabe a importância da água para o seu organismo, mas qual será a quantidade de água ideal para manter-se saudável? Eu respondo! Através de um cálculo simples você consegue chegar à quantidade ideal de água para tomar. Anote:

São 40 ml por quilo de peso, ou seja, se você pesa 60 kg, a quantidade ideal de água para você é de 2.400ml, que você deve dividir ao longo do dia.

Dica 2. Mantenha a proporção de nutrientes equilibrada na dieta

Para emagrecer com saúde através de a reeducação alimentar, não existem milagres! Definitivamente não é através de a restrição alimentar, cortando este ou aquele nutriente que você alcançará os seus objetivos.

Muito pelo ao contrário, é a proporção adequada de nutrientes que irá fazer a diferença nos números da balança. Para isso, um plano de reeducação alimentar deve contar com:

  • 55 a 65% do VCT (Valor calórico diário);
  • 10 a 15% do VCT referente ás proteínas;
  • 25 a 35% de gorduras.

O VCT (Valor calórico diário) de uma pessoa varia conforme:

  • Sua idade;
  • Sexo;
  • Peso atual;
  • Nível de atividade física.

Aprenda agora a calcular a quantidade de calorias que você deve consumir para emagrecer de uma forma natural e definitiva. Anote:

O primeiro passo é calcular o seu gasto calórico em repouso. Isto mesmo, pois mesmo em repouso o seu corpo gasta energia e uma quantidade mínima de calorias é necessária para que o seu organismo tenha energia o suficiente para manter as funções básicas como:

  • Respirar;
  • Manter o coração batendo;
  • Regular a temperatura corporal e todas as outras funções essenciais para a sua sobrevivência.

Vamos á um exemplo, para que você possa entender melhor como tudo funciona.

Exemplo

Uma mulher de 30 anos, altura 1.60, peso atual de 60 kg que pratica atividade física 3 vezes por semana.

Seguindo a fórmula da TMB:

TMB= (9,56 X peso em quilos) + (1,85 x altura centímetros) – (4,68 x idade em anos) + 665

TMB= (9,56 x 60) + (1,85×160) – (4,68 x 30) + 665

TMB= 573,60 + 296 – 140,4 + 665

TMB= 729,2 + 665

TMB= 1394,2

Com a TMB em mãos, você vai acrescentar ao resultado o F.A ou fator atividade, que é um indicador do seu nível de atividade. Para facilitar, clique aqui para acessar uma calculadora de TMB.

Aqui vai uma dica simples, porém essencial. Uma pessoa mais ativa fisicamente tem um metabolismo mais acelerado, pois consegue ter uma maior porcentagem de massa magra, e músculos exigem um gasto calórico maior do que a gordura. Por consequência, manter o peso se torna uma tarefa bem mais fácil.

Voltando ao nosso exemplo, podemos dizer que a mulher é moderadamente ativa, ou seja, neste caso, você deve multiplicar a TMB x 1,55. Como resultado, você tem:

Tabela TMB de acordo com o nível de atividade física

  • Nível mínimo de atividade física, ou seja, sedentário, necessidade calórica = TMB x 1,2.
  • Baixo, necessidade calórica = TMB x 1,375.
  • Médio, necessidade calórica = TMB x 1,55.
  • Alto, necessidade calórica = TMB x 1,725.
  • Muito alto, necessidade calórica = TMB x 1,9.

Sendo assim, a mulher de 30 anos, como demonstra nosso exemplo tem uma taxa metabólica de:

1394,2 x 1,5 = 2161,01 kcal ao dia

Para uma perda de peso saudável você pode diminuir de 10 a 20% do valor calórico total que representa 1729 a 1945 calorias dia no caso do nosso exemplo, ou aumentar o gasto energético através da atividade física, para que não tenha que passar por uma dieta restritiva, com valor calórico abaixo de 1500 kcal dia.

Dica 3. Ter uma rotina alimentar

Quando você cria uma rotina alimentar, com horários regulares para se alimentar, o seu metabolismo funciona melhor.  E mais! Você ganha saciedade porque irá comer mais vezes ao dia em menor quantidade, além de evitar os picos de glicemia que levam a uma maior produção de insulina e consequentemente ao acúmulo de gordura corporal.

Por isso, não meça esforços para se alimentar de 3 em 3 horas, criando assim uma disciplina, que com o passar do tempo só lhe trará bons resultados.

Dica 4. Coloque mais cor no prato

Quanto mais colorido for o seu prato, maior será a variedade de nutrientes que você estará consumindo. Cada um destes nutrientes terá um papel fundamental para o sucesso do seu plano de reeducação alimentar. Busque então por uma alimentação variada com:

  • Frutas (de 3 porções por dia);
  • Legumes e verduras (de 3 a 5 porções por dia);
  • Proteínas magras encontradas nos peixes, ovos, frutos do mar, ovos (de 1 a 2 porções por dia);
  • Leite e derivados desnatados (3 porções por dia);
  • Leguminosas e oleaginosas como as nozes, amêndoas, castanhas, feijão, lentilha, ervilha (1 a 2 porções por dia);
  • Cereais integrais como arroz, pães e massas integrais. Estes são ricos em fibras, além de terem seus nutrientes preservados (de 3 a 5 porções por dia);
  • Óleos vegetais saudáveis como o azeite de oliva, óleo de canola, que são ricos em gorduras mono e polinsaturadas, garantindo a sua saúde cardiovascular.

Veja também: As 6 frutas mais nutrientes para a nossa saúde

Na reeducação alimentar os doces são proibidos?

A resposta está no equilíbrio. Para fazer uma reeducação alimentar, você não precisa abolir os doces do cardápio e nem restringir o que você gosta. O ideal é consumi-los esporadicamente, não fazendo da exceção uma rotina.

E mais! Quando for consumi-los optar por doces menos calóricos, que não comprometam os seus esforços diários para manter a forma. O segredo então é escolher o que for mais saudável para fazer parte do cardápio, garantindo assim não só os números a menos na balança como mais qualidade de vida.

Veja também: Como controlar a gula por doces

Dia do lixo: Fazer ou não?

Se você é uma pessoa que está sempre antenado a assuntos relacionados à boa forma, já deve ter percebido que muito tem se falado no “dia do lixo”. O dia do lixo é a proposta que você tire um dia para comer o que quiser na quantidade que quiser.

Os defensores deste método dizem que o dia do lixo, faz com seu metabolismo “acorde” e quebre ainda mais calorias depois da prática. Agora eu te convido a refletir: O seu organismo não é uma “lixeira” e, portanto, não merece receber lixo, ou melhor, alimentos que não contribuem em nada com a manutenção da sua saúde.

E mais! Se você sabe que para emagrecer de forma saudável, terá que ter um balanço energético, entre o que você consome de calorias e o que você gosta, para quê gastar o seu “saldo” de calorias com alimentos que só irão intoxicar o seu organismo e deixar o emagrecimento um processo ainda mais difícil?

A dica de ordem é: Gaste o seu saldo de calorias com boas escolhas alimentares e veja os ponteiros da balança descerem naturalmente e a sua saúde se fortalecer cada vez mais.

Para conseguir emagrecer de um jeito saudável, invista na reeducação alimentar e aprenda de uma vez por todas que uma vida com qualidade vale muito a pena do que raros momentos de prazer.

Comer bem é nutrir o corpo e não apenas o ato mecânico de levar comida a boca. Pense sobre isso!

Estas foram nossas dicas especiais de como emagrecer com reeducação alimentar, que farão toda a diferença no seu dia-a-dia. Se você gostou dessas dicas, deixe os seus comentários aqui e não deixe de compartilha-las para que mais pessoas possam ter acesso a uma forma de emagrecimento gradativo e duradouro.

Super beijo e até a próxima!

LovLud

4 super dicas para emagrecer com a reeducação alimentar
Classifique

2 comentários para "4 super dicas para emagrecer com a reeducação alimentar"

  1. Eu sempre sofri para perder peso e quando conseguia alguns kg, em poucos meses a gordura sempre voltava. Vou procurar seguir essas dicas pra conseguir melhores resultados. Obrigada por compartilhar tanto conteúdo de valor.

    • Equipe Balança Certa disse:

      Aline, gatona! Existem pessoas que o fator genética atrapalha muito na eliminação de peso… pode ser seu caso. Siga as nossas dicas, devagar se vai loooonge gatona! bjaoo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat