Todos nós já escutamos a expressão “quem canta os males espanta”, mas o verbo cantar poderia ser facilmente substituído pelo dançar. Dançar faz bem para a mente e para o corpo. Ajuda você a encontrar equilíbrio não apenas físico, como também psíquico. Auxilia, ainda, na autoestima e eleva o espírito.

O ballet fitness é um método novo, criado por Betina Dantas e surge nas academias como a combinação perfeita da tradicional dança clássica com uma mistura de exercícios de força, flexibilidade, mobilidade articular, coordenação e ritmo.

Nessa modalidade não existem saltos e nem trabalho de alto impacto, evitando assim as temidas lesões do tradicional ballet. Não é sem motivo que o ballet fitness teve uma boa aceitação do público, você não acha?

Mas nem tudo são mil flores, para que a academia seja autorizada a disponibilizar essa modalidade, precisa pagar a criadora da modalidade uma taxa que para muitas academias é inviável, para se ter ideia, aqui no Espírito Santo onde eu moro, somente uma academia que oferece aulas de ballet fitness  :  /

E também somente professores licenciados podem ministrar as aulas de ballet fitness, o que acabou tornando ele não tão popular, infelizmente. Fica aqui um clamor a criadora dessa modalidade: Libere o ballet fitness para todos, afinal de contas, alguém te proibiu de usar o nome ballet? #intrigada

Ufa, eu precisava desabafar isso…hahahhaa…agora que tal a gente conhecer um pouco mais dessa modalidade maravilhosa? Tenho a sorte que essa única academia que tem o ballet fitness no meu estado ser a minha academia.

Então como uma curiosa e amante de diversas modalidades, eu e minha assistente fomos fazer uma aula de ballet fitness, achando que seria fácil, agradável e fofo. #morremos

Fizemos a aula de ballet fitness com a elegante Liliane Brumiller, primeira professora licenciada do ES. Formada em ballet clássico na Inglaterra e pós graduada em educação física adaptada à saúde.

Ela também dá aulas de ballet fitness, ballet clássico para crianças e adultos, alongamento, ginástica postura e é personal de alongamento e funcional para idosos.

Resumindo: ela não anda, ela dança :  )

Segue então as observações super praticante de um dia fiz sobre o ballet fitness. Mas claro que como curiosa enchi a Liliane de perguntas, sendo que muitas delas sem noção! Hehehehhe…

1- Casamento perfeito entre dança e exercício de força

Se você fica na dúvida entre apostar em uma aula de dança ou vivenciar o clichê da musculação, saiba que o ballet fitness permite que você experimente o ballet clássico em conjunto com o que há de melhor da ginástica localizada das academias. Quer um review escrito? Suas panturrilhas vão explodir, suas coxas vão tremer involuntariamente, seu abdomen vai arder, você vai entrar se achando uma mocinha e sair se sentindo uma marombeira.

2- Melhore sua postura no ballet fitness

Além do tônus muscular, o ballet fitness, assim como o ballet convencional trabalha vários exercícios que visam garantir uma boa postura!

A verdade é que a delicadeza e feminilidade dos movimentos da dança terminam refletindo na autoestima, que por sua vez ajudam na melhoria da postura e elegancia. #eupreciso

Além de trabalhar o alinhamento e contração muscular, no Ballet fitness também se exige grande resistência muscular, por meio de exercícios como agachamentos e abdominais exóticos.

3- Execução do movimento é tudo no ballet fitness

É essencial que os movimentos sejam realizados da melhor maneira e com maior concentração possível. Algo muito dito pelos professores e instrutores de academia; é a necessidade de todo o corpo participar da execução dos movimentos.

Por exemplo, enquanto se trabalha glúteo; o abdome também deve estar contraído, isso porque ele faz parte indiretamente do exercício e os resultados não serão os mesmos; caso ele fique relaxado.

A calma e respiração também são fatores que não podem ser deixados de lado, nem em aulas como o ballet fitness nem em qualquer atividade física que seja por você praticada.

A preocupação com a rotação dos ossos foi algo que me chamou atenção na aula, achei humanizado e preocupado com as participantes. #ameiisso

4- Qualidade de movimento e alinhamento articular

Como foi dito, os movimentos devem ser executados da melhor forma e não com pressa para acabar logo. O mais importante que se deve buscar é a qualidade de movimento. Também alinhamento de todo o corpo e suas articulações. Toda mulher deveria tentar.

5- Duração das aulas no Ballet fitness

A aula costuma durar cerca de 50 minutos; mas pode ser menos ou mais a depender da academia e do professor. O descanso acontece apenas enquanto ele explica o movimento, o que é necessário para que você obtenha melhores resultados.

Será 50 minutos do seu dia que seu corpo vai ser trabalhado; garantindo melhor condicionamento físico, flexibilidade e ainda cuidados com a autoestima. #vocêmerece

Então é isso gatona, chegamos ao final de mais um artigo e agora chegou a hora de você correr para a academia mais próxima que tenha essa modalidade para fazer uma aula experimental. Seu corpo e sua mente agradecem!

Veja também:

Bepantol: Dicas Para Usar A Pomada Poderosa E Versátil

Descubra Os Benefícios Da Linhaça Para Seu Corpo

7 acontecimentos quando o ciúmes foge ao controle

Por que a hidroginástica para gestantes pode ajudar na hora do parto?

Ballet Fitness: Conheça 5 motivos para fazer ou pelo menos testar
5 (100%) 2 votes

2 comentários para "Ballet Fitness: Conheça 5 motivos para fazer ou pelo menos testar"

  1. Eunice disse:

    Gostei muito do artigo.
    Linguagem simples e muito objetivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat