Você já conhece o ballet fitness? Essa nova modalidade, que vem ganhando as academias, tem diversos benefícios para a nossa saúde e para o nosso corpo. Ele tem se tornado o exercício físico favorito de muitas mulheres brasileiras.

Com os movimentos do ballet clássico, a atividade promete somar os benefícios da dança, queimando calorias e definindo os músculos. O ballet fitness já é uma febre nas academias de São Paulo e Rio de Janeiro e está se expandindo para outras cidades do Brasil.

É uma aula super diferente, que já conquistou atrizes como Grazi Massafera, Taís Araújo, Juliana Paiva e outras. Os movimentos do ballet fitness são intercalados com exercícios típicos da academia com o balé. Vamos conhecer mais?

O que é ballet fitness?

O ballet fitness é a união dos passos técnicos da dança clássica com exercícios de abdominais, agachamentos e flexões. O foco dessa atividade é o aumento do número de repetições e no tempo de isometria e sustentação muscular das atividades.

A combinação de balé e ginástica já vem acontecendo há muito tempo e em vários países. O ballet fitness surgiu de uma série de combinações em fisioterapia, ioga, ginástica funcional e pilates.

O ballet fitness foi criado na década de 60, pela bailarina alemã Lotte Berk, que por conta de uma lesão nas costas, criou um sistema de condicionamento físico poderoso. Esse sistema consiste nas aulas de ballet com exercícios que ela fazia na fisioterapia.

Assim nasceu o ballet fitness. Outros estilos também foram surgindo, como o balé funcional, balé pilates, power ballet ou barre.

Diferença entre o ballet fitness e o ballet tradicional

ballet fitness 2

Foto: BOA FORMA

A principal diferença entre as duas modalidades é o uso de exercícios usados em academias no ballet fitness como, por exemplo, abdominais e agachamentos.

A técnica de isometria, que mantém o corpo em uma posição fica por um tempo terminado, também é repetida mais vezes do que no ballet tradicional. O uso da sapatilha de ponta não é necessário para praticar o ballet fitness.

Além disso, o ballet fitness segue os três princípios e pilares de Lotte Berk:

  1. Tornar a prática agradável e graciosa;
  2. Transformar seu corpo, deixando-os mais fortes, definidos e flexíveis;
  3. É acessível a qualquer pessoa, mesmo aquelas que nunca praticaram balé na vida.

Como são os exercícios

As aulas de ballet fitness duram uma hora e com exercícios intensos. É uma sequência de atividades realizadas na barra e no chão. Além disso, não é preciso ter um corpo de bailarina para praticar. Basta ter dedicação, alimentação saudável e uma orientação.

Os treinos da barra são divididos em dois, os básicos com rápidas repetições e os agachamentos, feitos em meia ponta. Logo após são realizados os exercícios solos, no chão, como, por exemplo, as abdominais.

As atividades são feitas sem pausa e com músicas animadas, onde é possível sentir todos os músculos sendo trabalhados. Assim, serão feitas uma série de exercícios que trabalham o abdômen, panturrilhas, glúteos, coxas, costas e braços.

Benefícios incríveis do ballet fitness

ballet fitness 4

Foto: JASMINE

As aulas de ballet fitness trazem muitos benefícios para o corpo. Além de queimar calorias, aproximadamente 790 em meia hora de exercícios, a prática também ajuda a definir os músculos e perder peso.

Os resultados são surpreendentes e em um mês já é possível notar a diferença no corpo.

Os benefícios incríveis do ballet fitness são:

  • Alto gasto calórico;
  • Acelera o metabolismo;
  • Fortalecimento muscular;
  • Trabalha o corpo todo;
  • Melhora a postura;
  • Definição do corpo;
  • Melhora do equilíbrio;
  • Interação interpessoal;
  • Beneficia a respiração;
  • Amplia o equilíbrio e a destreza corporal;
  • Diminui a gordura localizada;
  • Melhora a flexibilidade.

Além das vantagens físicas, o ballet fitness ajuda a melhorar o emocional como:

  • Aumentando a autoestima;
  • Aliviando o estresse;
  • Melhorando a memória;
  • Melhorando a saúde.

O ballet fitness tem se tornado uma ótima opção para quem não gosta de atividades de musculação, pois é uma aula dinâmica e sem os tradicionais exercícios de academia.

Dinamismo, animação e muita intensidade. Assim podem ser definidas as aulas de ballet fitness. Sem pausas para descanso, as atividades são feitas em um ritmo bastante acelerado, ajudando a trabalhar cada músculo do corpo. As aulas em estilo circuito, barra e chão, trazem resultados rápidos para o físico.

Prepare o corpo para o verão!

20130914NBC_In-Studio_Classes

Foto: MAKING

Querendo preparar o corpo para o verão? Então entre agora mesmo para uma aula de ballet fitness, pois em uma aula é possível perder até 790 calorias!

A professora Betina Dantas, uma das criadoras dessa modalidade, fez uma comparação e, em meia hora de esteira é possível perder 620 calorias, comparadas as 790 perdidas com o ballet. Além disso, a oxidação de gordura é três vezes maior com essa modalidade de exercícios.

Melhore a postura e coordenação motora

O ballet clássico exige dos dançarinos uma postura alinhada. Na versão fitness não é diferente. Com as aulas, você acaba percebendo que precisa manter as costas retas para conseguir fazer os exercícios com excelência.

São exigidos alta concentração, coordenação dos movimentos e o equilíbrio, o que faz com que você melhore o corpo nessas áreas também.

Tonifica a postura e ajuda na autoestima

Os exercícios do ballet fitness somam barra, solo e coreografias da dança clássica, o que ajuda a tonificar a postura e enrijecer os músculos.

Ele ainda é uma atividade que movimenta todo o corpo, combatendo o estresse, proporcionando prazer, ajuda a diminuir os riscos de doenças crônicas e aumenta a autoestima e o humor.

Onde praticar

Para praticar o ballet fitness não é necessário saber os passos da dança clássica. O importante é ter paciência e persistência para fazer da atividade uma prática prazerosa.

O indicado é fazer as aulas três vezes por semana e os exercícios só não são indicados para pessoas que possuem muitas lesões.

O ballet fitness pode ser encontrado nas principais cidades do país, como em Belo Horizonte, São Paulo, Diadema, Rio de Janeiro, Curitiba, Vila Velha, Brasília e Porto Alegre.

Em cada cidade ele possui uma característica local, o que faz a atividade ganhar diferentes tratamentos e ser diversificada.

Gostou de saber mais sobre o ballet fitness? Deixe seu comentário no post e fique de olho no nosso site para receber mais novidades!

Veja também:

Exercícios físicos ou alimentação saudável: Qual o mais importante?

Alimentos para ganhar massa muscular

Conheça os alimentos funcionais e seus efeitos benefícios

Ballet Fitness – Conheça tudo sobre essa nova modalidade
Classifique

Nenhum comentário para "Ballet Fitness – Conheça tudo sobre essa nova modalidade"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *