A verdade é que a medicina e suas inovações sempre são capazes de nos surpreender, não é mesmo? Você sabia que existe no meio médico a cirurgia íntima feminina?

Mas para quem não sabe, cirurgia íntima ou plástica da região da genitália são sinônimos e podem ser realizadas tanto por motivos de estética, como em razão de desconforto, seja ele físico ou psicológico.

no entanto, se você tem interesse em conhecer um pouco mais sobre a cirurgia íntima feminina e os mistérios que a envolvem, continue a leitura desse artigo.

Conheça o seu corpo e descubra os motivos que levariam você a realizar esse procedimento.

cirurgia íntima feminina

FOTO: PIXELS

Antes de você tomar qualquer decisão, é essencial se questionar o motivo pelo qual você tem vontade de realizar a cirurgia íntima feminina. Conhecer o seu próprio corpo é o primeiro passo!

Muitas vezes, as mulheres acreditam que os seus pequenos lábios precisam do procedimento cirúrgico, mas nem sempre isso pode ser verdade, por isso a importância do autoconhecimento.

Até mesmo porque os pequenos lábios estão na região próxima ao clitóris, atuando em conjunto como forma de aumentar o prazer nas relações sexuais.

Não é só por estética, muitas vezes a cirurgia é indicada para correção de problemas que geram incômodos no público feminino.

cirurgia íntima feminina

FOTO: PIXELS

No Brasil, a cirurgia íntima feminina ainda vem sendo descoberta e testada aos poucos. Mas muitos países já aderiram. Não apenas pela estética, vários são os motivos que podem levar uma mulher a tomar essa decisão e enfrentar a temida sala de cirurgia.

Diminuir o tamanho dos pequenos lábios

cirurgia íntima feminina

FOTO: PIXELS

O crescimento em excesso dos pequenos lábios vaginais; além de provocar vergonha ou até mesmo dor durante o ato sexual; dificulta a vida da mulher que utiliza, por exemplo; uma roupa mais justa e começa a sentir dor na sua parte íntima ou se sente constrangida por sentir que está chamando atenção dos olhares à sua volta.

Lembrando que o crescimento dos pequenos lábios é algo bastante comum e pode decorrer tanto de fatores genéticos; como da gestação e alteração hormonal.

Nesse caso, a plástica poderá resolver tantos problemas estéticos, quanto físicos e psicológicos, garantindo melhor qualidade de vida.

Evitar doenças ginecológicas

cirurgia íntima feminina

FOTO: PIXELS

Outra questão a ser observada é que quando crescem excessivamente; torna-se mais complicado tratar da higiene dos pequenos lábios; de modo que pode ser facilitado o surgimento de doenças ginecológicas decorrentes de fungos e bactérias.

Por isso um dos motivos que podem levar à cirurgia íntima vaginal; é a maior probabilidade dessas doenças ginecológicas (como é o caso da candidíase) recorrentes.

Procure o médico

cirurgia íntima feminina

FOTO: PIXELS

Uma dica muito importante e que nunca deve ser deixada de lado, é a necessidade de procurar um médico especialista; mas conversar sobre seus problemas e tirar dúvidas com uma amiga pode até ser bom; mas apenas o médico será capaz de avaliar se o seu caso é cirúrgico e fornecer as melhores opções para tratar do seu incômodo.

É crucial não ter vergonha nesse momento; mas sim se sentir segura para compartilhar com o profissional as possíveis razões; e que levariam você a optar por esse procedimento.

Agora que você já conheceu várias dicas sobre a cirurgia íntima feminina; mas basta procurar o médico e discutir sobre suas possibilidades.

 

Veja Também:

Outono/Inverno 2018: 7 Tendências Para Você Arrasar Nos Looks

Marie Kondo: Confira Dicas De Arrumação Para Colocar Em Prática

Conheça agora 5 dicas incríveis sobre a cirurgia íntima feminina!
5 (100%) 1 vote

Nenhum comentário para "Conheça agora 5 dicas incríveis sobre a cirurgia íntima feminina!"

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    WhatsApp chat