Drunkorexia: Novo transtorno alimentar, será moda isso?

Você já parou para pensar que os transtornos alimentares têm ficado cada vez mais em evidência? Entre estes transtornos está a Drunkorexia. Aqui, você vai conferir mais sobre este transtorno super perigoso : (

Drunkorexia: O que é?

Drunkorexia é o termo em inglês designado para definir um transtorno alimentar, que é a mistura do abuso do álcool com a anorexia. A anorexia, ao contrário da drunkorexia, já é um distúrbio alimentar já bem conhecido e caracterizado pela distorção da imagem, em que a pessoa mesmo estando magra, se sente gorda e passa a restringir as calorias das refeições, perseguindo uma magreza que julga a ideal, e tão idolatrada pela mídia, contribuindo ainda mais para distorcer a imagem que a pessoa tem do que realmente é um emagrecimento saudável.

Neste transtorno a pessoa passa a beber muito com o objetivo de relaxar, aliviar as tensões e encontrar na bebida a solução para emoções mal resolvidas dentro de si, até mesmo para se livrar da “culpa” por ter feito uma refeição. O momento que a pessoa utiliza a bebida irá depender do seu estado emocional e grau de vício. Um exemplo são aquelas pessoas que utilizam a bebida antes do horário das refeições como forma de enganar a fome. Outras passam a beber o dia todo, como forma de compensar as calorias ingeridas no dia anterior.

Como você pode ver a culpa em extrapolar as calorias e as questões emocionais mal resolvidas, é o que gera este transtorno. As pessoas que sofrem com a Drunkorexia, geralmente já tem algum tipo de transtorno alimentar já instalado, e o abuso do álcool é mais um que passa a fazer parte da rotina. Funciona assim:

A pessoa com anorexia restringe calorias com medo de engordar, depois passa por um processo de compulsão ao fazer uma refeição, comendo sem controle. Aí então, vem a culpa por ter comido demais e a pessoa passa a provocar vômitos e a usar o álcool em excesso. Depois entra em uma nova restrição alimentar, como forma de se “livrarem” das calorias do álcool.

O que pode causar o problema?

Além do culto à magreza, outros fatores como:

  • Trabalhos que dependem exclusivamente do corpo perfeito, como o de modelo, por exemplo, gerando um estresse emocional e uma pressão de que precisa estar sempre magra;
  • Pressão dentro do ambiente familiar para perder peso e outros fatores que variam de pessoa para pessoa e que necessitam ser investigados.

Como identificar este transtorno?

  • A pessoa passa a ficar mais agressiva no ambiente familiar e em todos os seus relacionamentos;
  • As pessoas com o transtorno passam a evitar as refeições em família ou diz que já comeu só para evitar o momento da refeição;
  • Perda brusca de peso;
  • Problemas de pele, como desidratação e vermelhidão;
  • Necessidade contínua de consumir bebidas alcóolicas para relaxar.

O tratamento

A Drunkoexia ainda é um distúrbio alimentar que precisa ser muito bem estudado, principalmente no Brasil, em que não há estudos sobre o transtorno. No entanto, ao perceber algum tipo de comportamento característico do transtorno, a família e/ou amigos que convivem com quem sofre com o transtorno, precisa buscar o acompanhamento multiprofissional que envolve:

  • Nutricionistas;
  • Psicólogos;
  • Psiquiatras;

Estes profissionais terão a abordagem certa para sucesso do tratamento, buscando fortalecer em um primeiro momento o psicológico de quem sofre com o problema, fazendo com que ela se aceite e seja feliz com o seu corpo, independente dos olhares e aprovações alheias. Conciliado a este acompanhamento psicológico, deve existir um trabalho de reeducação alimentar, com enfoque em mudar a relação que a pessoa tem com a comida, a prescrição de suplementos para suprir as carências nutricionais existentes, além do diagnóstico de possíveis problemas de saúde que possam estar interferindo na atual condição corporal do indivíduo.

Sim! Drunkorexia é um transtorno alimentar e não moda! Apesar de novo, precisa da devida atenção por parte dos profissionais de saúde, assim como de pais e todos que estão à volta de quem sofre com o problema. Isso porque, como todo transtorno a Drunkorexia pode ter episódios recorrentes, onde em um determinado momento, a pessoa pode estar super bem e em outro se entregar novamente ao álcool e às restrições alimentares.

A Drunkorexia definitivamente não é moda! É mais um problema de saúde que pode levar à morte, se não tratado de forma adequada. Isso porque substituir as refeições por bebidas alcóolicas é algo que apresenta riscos a saúde, deixando sua alimentação pobre em nutrientes trazendo deficiências nutricionais, que levam ao mau funcionamento do organismo como um todo.

É necessário que seja agregado ao tratamento, um trabalho de conscientização, principalmente das mulheres (que são as mais afetadas) de que este transtorno existe, e para que seja tratado o paciente precisa fazer a sua parte, precisa querer se tratar e mudar seu estilo de vida.

 

Você conhece alguém que sofre ou já passou por problemas com a Drunkorexia? Se sim, compartilhe para que possamos ajudar a melhorar ainda mais a qualidade de vida destas pessoas, através de boas informações.

 

Conte conosco em todas as etapas da sua vida!

Drunkorexia: Novo transtorno alimentar, será moda isso?
Classifique

Nenhum comentário para "Drunkorexia: Novo transtorno alimentar, será moda isso?"

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *