O estresse emocional é uma das doenças modernas que mais tem afetado homens e mulheres de diferentes faixas etárias.

Caracterizado como uma resposta do organismo a momentos de extrema pressão e enorme desgaste emocional, essa doença se manifesta quando a mente não consegue mais suportar os eventos diários, e passa a vê-los como uma ameaça.

Essa mudança de interpretação do organismo a eventos intensos faz com que o estresse emocional provoque enormes desequilíbrios tanto no corpo como na mente. Entenda um pouco mais sobre essa doença e aprenda como impedir que o estresse prejudique sua saúde.

O que pode causar o estresse emocional

O estresse, em si, não é algo necessariamente ruim, ao contrário. Ele foi concebido para ser uma resposta do corpo a situações de perigo, que ameacem sua integridade física ou mental. Tanto que ele é algo instintivo. É parte de nossa evolução, está presente na raça humana desde o período pré-histórico.

No entanto, quando esse estresse sai dos níveis aceitáveis, ele se torna um problema de saúde, e pode ser desencadeado por problemas tanto externos quanto internos.

Dentre os fatores externos que podem levar a um quadro de estresse emocional estão mudanças intensas na vida de uma pessoa, pressões no trabalho, problemas financeiros e dificuldades de relacionamento.

Internamente, o estresse emocional pode ser desencadeado pela incapacidade que uma pessoa tem de aceitar incertezas, pessimismo excesso, expectativas fora da realidade, perfeccionismo demasiado ou, ainda, aquela voz interior que sempre dá respostas negativas a todos os seus questionamentos.

Sintomas do estresse emocional

Estresse emocional 2

Foto: SBIE

O estresse emocional é uma doença muito difícil de se diagnosticar, por apresentar sintomas que podem ser facilmente confundidos com cansaço.

Por exemplo, quem está sofrendo com essa enfermidade pode apresentar medo, desconforto com pessoas ou situações, muita preocupação, irritação, frustração, indignação e até mesmo nervoso. Nada que um trabalhador, depois de um dia ruim, não aparente.

Além destes sinais, o estresse emocional pode desencadear sintomas físicos, como batimentos cardíacos acelerados, contração muscular, hipertensão arterial, respiração mais curta e sentidos mais nítidos, como se você estivesse constantemente em estado de alerta.

Outros sintomas que devem ser observados de perto e que podem indicar a presença do estresse emocional são o isolamento social, cansaço frequente, oscilação de peso, dores de cabeça constantes, febre, tristeza, problemas para dormir, falta de concentração, esquecimento e até mesmo a sensação de perda de controle sobre sua própria vida.

Como diagnosticar o estresse emocional?

Estresse emocional 3

Foto: BARISTO

Diagnosticar o estresse emocional por conta própria não é fácil. Os sintomas não costumam ser muito claros, e podem facilmente ser confundidos com outras doenças ou apenas com um forte cansaço.

Por isso, para evitar erros no diagnóstico e prejudicar o tratamento da doença é importante procurar ajuda médica especializada. Uma boa dica é conversar com profissionais de diversas especialidades, como o clínico geral, o psicólogo e o otorrinolaringologista.

De posse do histórico do paciente e com todas as informações necessárias, esses profissionais podem fazer um diagnóstico preciso e facilitar o combate a essa doença que pode ser incapacitante quando seu cuidado é negligenciado.

Quais os tratamentos para vencer o estresse emocional?

Quem é diagnosticado com estresse emocional pode sentir uma enorme tristeza e grande dificuldade em enfrentar e vencer essa doença, afinal o estresse, assim como a depressão, ainda carregam um estigma muito grande: são males incompreendidos e cuja gravidade é minimizada.

Hoje, muita gente diz, por qualquer motivo, que está estressada, mesmo que esteja apenas passando por um período mais complicado. Por isso, muitas pessoas não buscam tratamento ou, se procuram ajuda médica, não sabem o que fazer para conseguir se curar do problema.

Por isso, se você for diagnosticado com estresse emocional, não deve enfrentar a doença sozinho. É importante buscar ajuda, não apenas profissional, mas também de amigos e familiares.

Pessoas próximas são nosso grande alicerce, e em momentos de fragilidade física e emocional eles podem ajudar a mudar essa realidade e nos dar a força que precisamos para superar todo e qualquer obstáculo.

Além da ajuda destas pessoas, é preciso também acreditar em seu próprio potencial. Para vencer o estresse emocional, a própria pessoa precisa crer ser capaz de superar essas dificuldades, encontrando forças em si mesma para prosperar.

Para tornar isso possível, existem algumas posturas positivas que quem sofre de estresse emocionalpode adotar em sua vida.

Uma delas é investir em seu bem-estar físico. O corpo precisa estar tão forte quanto a mente para que você consiga superar as pressões do dia a dia. Portanto, procure dormir bem, consumir alimentos saudáveis, praticar atividades físicas e ter momentos em que você irá relaxar.

Sabe aquele dito popular, onde se ensina que, quem não pode vencer o inimigo, deve se juntar a ele? Pois bem, essa é uma ótima filosofia para quem está lidando com o estresse emocional.

Algumas vezes, os causadores desse estresse são fatores que simplesmente não podemos eliminar de nossas vidas. Ao contrário. Eles estarão sempre presentes. Nestes casos, é crucial que a pessoa adote uma postura mais positiva, mudando a forma como enxerga e lida com esses elementos estressores.

Neste caso, adotar exercícios de relaxamento, trabalhar questões emocionais e conciliar tudo isso com tratamento médico pode ajudar a enfrentar esse problema e lidar com questões que simplesmente não desaparecerão de sua vida como que por mágica.

Aprendendo a conviver com o estresse emocional

Por fim, como parte do tratamento para vencer o estresse emocional é importante saber conviver com a doença enquanto não se obtém a cura por completo. Para isso, existem ótimas técnicas que tornarão sua vida muito mais leve.

Uma delas, bastante simples, aliás, é falar sobre o que você sente. Seja com uma pessoa de confiança ou escrevendo em formato de um diário, o importante é se libertar de sentimentos ruins que possam levar a um retrocesso em seu tratamento.

Adotar uma postura positiva, enxergando soluções onde você só conseguia ver problemas é outra etapa muito importante para quem deseja lidar com esse problema e vencer de fato o estresse.

Você gostou de nossas dicas? Se sim, dê 5 estrelinhas abaixo! 🙂

Leia outros conteúdos sobre esse assunto:

7 dicas para colocar o seu minaste em ação e parar de culpar os outros

O poder do perdão segundo O CARA

 

 

Estresse emocional sintomas físicos e possíveis tratamentos
4.3 (85.71%) 7 votes

Nenhum comentário para "Estresse emocional sintomas físicos e possíveis tratamentos"

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    WhatsApp chat