Jiu Jitsu Brasileiro: Entenda por que nosso país conquistou uma modalidade só sua no esporte

Dicas-para-treinos-de-jiujitsu

Ao longo da história, nós nos desenvolvemos nos mais variados contextos: arte, agricultura, química, filosofia… Uma das áreas nas quais nós também evoluímos bastante foram as artes marciais. O Brasil é considerado o país com os melhores lutadores do mundo, e criador de uma modalidade especial: o Jiu Jitsu brasileiro.
Muito mais do que uma atividade física, as artes marciais tinham o propósito de treinar exércitos e preparar os indivíduos para o combate. Possui diversos benefícios para o corpo e mente, nos ajudando a encarar melhor a rotina diária, que muitas vezes pode ser estressante.
Hoje em dia, a prática de artes marciais se tornou uma atividade recreativa, que chama cada vez mais chama a atenção de diferentes públicos. Uma das modalidades mais praticadas atualmente é o Jiu Jitsu Brasileiro.
Neste artigo, vamos te apresentar um pouco da história do Jiu Jitsu e como sua prática pode ser benéfica para pessoas de todas as idades. Mas antes, vamos explicar sua origem. Continue conosco e veja como o Jiu Jitsu brasileiro conquistou o mundo!

Conheça a origem do Jiu Jitsu

Dicas-para-treinos-de-jiujitsu
Foto: TATAME ONLINE

O Jiu Jitsu é uma arte marcial de origem japonesa. Fundamentada nos princípios da leveza e da teatralidade, a arte marcial foi inicialmente desenvolvida para ser utilizada por guerreiros samurais.
Esses guerreiros iam para o campo de batalha usando armaduras pesadas – que os protegiam contra impactos diretos no corpo – e empunhando armas brancas.
Por vezes, os samurais acabavam ficando desarmados durante o combate. Por esse motivo, viu-se que era necessário o desenvolvimento de uma técnica de combate que fosse capaz de utilizar de movimentos específicos para infligir dano em outros combatentes de armaduras pesadas. Foi aqui que se deu origem ao Jiu Jitsu.
Com o passar do tempo, o Jiu Jitsu foi evoluindo. Se antes era uma tática de guerra, hoje é uma arte marcial totalmente voltada para o esporte. Mas como uma luta de origem japonesa foi parar no Brasil? Através da famosa família Gracie!

A Família Gracie e a origem do Jiu Jitsu brasileiro

brazilian-jiu-jitsu-2052806_960_720
Foto: PIXA

No século 19, o Jiu Jitsu e o Judô foram ganhando cada vez mais espaço no Japão. Um dos grandes nomes dessas artes, Mitsuyo Maeda, passou a viajar por países ao redor do mundo para demonstrar e cativar cada vez mais pessoas para introduzi-las ao mundo das lutas.
Foi quando veio ao Brasil, no início do século 20, que Maeda conheceu Carlos Gracie. Gracie ficou fascinado pela demonstração de Maeda, que, com suas técnicas, era capaz de derrotar adversários muito maiores e mais pesados do que ele.
A partir da admiração, Gracie se tornou aprendiz de Maeda, que lhe ensinou seus métodos, técnicas e conhecimentos acerca das artes marciais.
Por volta do ano de 1925, Carlos Gracie pega todo o conhecimento passado por seu mestre e funda sua própria academia de artes marciais. Ele havia desenvolvido um estilo próprio, que ramificava o Jiu Jitsu tradicional; tal estilo ficou conhecido como Jiu Jitsu Brasileiro.
Hoje, a família Gracie é uma referência no mundo das artes marciais. Seu nome está presente em diversas academias no Brasil e no mundo, onde eles dão aula para diversas celebridades nacionais e internacionais.

Expansão internacional do Jiu Jitsu brasileiro

brasileiro-de-jiu-jitsu-2016-cavaca
Foto: VENUM

No Brasil, Carlos Gracie transmitiu seus ensinamentos aos seus irmãos e, posteriormente, aos seus filhos. Isso fez com que o Jiu Jitsu Brasileiro ganhasse cada vez mais espaço. Tanto entre os membros da família, quanto em território nacional.
A ascensão do Jiu Jitsu brasileiro a nível internacional deu-se em meados da década de 1990. Foi nessa década que Royce Gracie, sobrinho de Carlos Gracie, chamou atenção internacionalmente com suas lutas durante o UFC.
No evento de artes marciais de reconhecimento mundial, Carlos saiu vitorioso contra adversários de maior peso e estatura. Desde então, o Jiu Jitsu brasileiro vem atraindo praticantes de diversos países.

Características deste esporte

1526303_781708048511505_1209699576_n-620x400
Foto: DOVALE TUDO

Uma das características fundamentais do Jiu Jitsu brasileiro é o fato desta não ser uma arte marcial voltada para ferir o oponente. O Jiu Jitsu se baseia no princípio de utilizar a força do seu oponente contra ele mesmo.
Isso se torna perceptível nos movimentos executados pelos praticantes da modalidade; não vemos socos violentos ou chutes em regiões frágeis. Mas sim imobilizações, torções, golpes que utilizam do peso do adversário para derrubá-lo e estrangulamentos. O Jiu Jitsu Brasileiro tem, sobretudo, um caráter pacífico.
Os praticantes do Jiu Jitsu Brasileiro são identificados quanto à sua experiência na modalidade através do sistema de graduação por faixas.
Há um total de 11 faixas, cada uma se relacionando com o tempo de prática do lutador. As faixas de nível mais alto são a faixa coral, que tem as cores vermelha e preta, e é destinada aos mestres, e a faixa vermelha, destinada ao grande mestre.
Para se obter a faixa vermelha, um lutador leva cerca de mais de 55 anos de treinamento. Surpreendente, não? Ou seja, é preciso se dedicar e muito para ser um profissional na área.

Benefícios do Jiu Jitsu brasileiro

2-1
Foto: CROSS TREINO

A prática do Jiu Jitsu Brasileiro pode ser altamente benéfica para todos. Por ser uma atividade dinâmica, a arte marcial estimula o fortalecimento dos músculos de todo o corpo. Ao mesmo tempo em que exercita o coração através de exercícios aeróbicos.
O Jiu Jitsu brasileiro traz diversos benefícios. Os praticantes apresentam melhora na saúde do coração, ganho de força, mais disposição, além, é claro, das habilidades de autodefesa que são desenvolvidas. Estes são alguns dos benefícios dessa arte.
Quando praticado com frequência moderada (de 2 a 3 vezes na semana), o Jiu Jitsu traz benefícios para a saúde mental do praticante. Nada de movimentos repetitivos e monótonos; o Jiu Jitsu oferece a possibilidade de você se exercitar enquanto se diverte!
Como você viu, tanto o Jiu Jitsu tradicional quanto o Jiu Jitsu Brasileiro podem ser extremamente benéficos para os praticantes. Você não precisa querer se tornar um(a) lutador(a) profissional para desfrutar das maravilhas desse esporte.
Está pensando em investir numa atividade que só tem a te trazer benefícios, tanto físicos quanto mentais? O Jiu Jitsu brasileiro é uma opção!
Aproveite e compartilhe este artigo com seus amigos e familiares, para que mais pessoas possam conhecer os benefícios e origem do Jiu Jitsu brasileiro!
Veja também:
Dieta Gracie: Aprenda Tudo Sobre Ela
Conheça os alimentos funcionais e seus efeitos benefícios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × cinco =
×

Ola!

Entre em contato comigo via whatsapp para falarmos sobre o que quiser :)

× Como posso te ajudar?