Ludmilla Pessotti é uma mulher que levava uma vida, leve, descomplicada e cheia de alegria. Seus dias eram movimentados entre escola, amigos e esportes dos mais variados. Seu gosto em praticar atividades físicas, permitiam que seu shape fosse sempre magro e atlético e nunca havia pensado em como ter excesso de peso poderia prejudicar sua vida no geral.

Lud sempre amou o mundo da moda. O encanto pelas roupas, sapatos, bolsas e acessórios a levou a se formar em moda, se tornou estilista e chegou a trabalhar com alguns estilistas famosos como o Alexandre Herchcovitche.

Porém o encanto em ser estilista foi se esvaindo, ao perceber como as modelos eram tratadas. “Toda a frieza em ver pessoas como cabides, me deixou enojada.” E não parava por aí, as próprias modelos passam por grandes traumas a tentar ter o “corpo perfeito para a passarela” e com isso elas fazem de tudo, inclusive tomar detergente.

Escutar a infelicidade delas dentro dos backstages e a felicidade nas passarelas após frações de segundos, foi o suficiente para que Ludmilla optasse por sair desse mundo definitivamente.

“Eu quero viver a verdade, e optei por não participar daquilo.” Disse Ludmilla ao site Balança Certa.

Ela acabou engravidando e teve muito tempo para pensar sobre isso, e acabou que na gestação infelizmente Ludmilla Pessotti engordou 30 quilos e pode vivenciar também o lado ruim da luta contra o peso, coisa que ela nunca tinha passado antes.

“Foram anos de efeito sanfona, entre medicamentos anorexos, estratégias alimentares, exercícios físicos desgastantes, eu tentei de tudo, mas assim que emagrecia eu voltava a engordar tudo de novo. Antes de engravidar, bastava uma corrida no calçadão que no dia seguinte estava traçada de novo, eu realmente não acreditava que comigo seria…igual a todas as outras mulheres. (risos) Me entreguei a comida e ao desleixo e depois sofri pela minha falta de noção.”

 

 

Mas Ludmilla conta que nem sempre foi gorda, desde criança, ela gostava de fazer exercícios físicos, sempre foi bem engajada nisso, amando todos os esportes. Com apenas 9 anos ela já fazia Taekwondo e corria na areia da praia com os faixa preta.

Lud normalmente era a única entre a turma de rapazes, pois as meninas na “época dela” não eram tão aventureiras como são hoje. Eles faziam corridas de montanha, escalada de cachoeiras, corridas em desfiladeiros, enfim, a Lud era do balacobaco! 

Só que nem sempre as coisas foram assim…Ludmilla conta que aos 23 anos algumas rotinas na vida dela mudaram.

“Eu vim de uma família de tradição italiana e quando morava com meus pais, minha alimentação era bem mais saudável, quando eu era criança o glúten ainda não tinha sofrido alterações transgênicas e ninguém tinha intolerância a quase nada na alimentação. A gente até fazia macarrão em casa, coisa que hoje em dia é muito raro. Comia sempre tudo bem fresquinho, preparado na hora, era tudo muito bom, cheio também de frutas, verduras e legumes! Só que, como sempre na vida, as mudanças chegam, eu me formei, casei, tive meu filho e acabei engordando 30 quilos, com isso eu fiquei desesperada. Eu não sabia o que tinha que fazer para eliminar aquilo tudo de peso!”

Ela enfrentou uma fase muito complicada quando teve seu bebê, acabou sendo traída pelo esposo, e disse que em certo momento, pensou que a culpa era dela, por estar tão gorda e desleixada, pensamento que muitas mulheres se acusam por viver um momento que deveria ser mágico e perfeito. Mas como nem tudo são flores, ela acabou se separando. Com filho pequeno, sem trabalho e gorda, Ludmilla teve depressão.

“Confesso que por alguns momentos fiquei assustada e depois, me veio aquele desespero! Meu Deus, cadê a Ludmilla?? Quem é essa mulher? Eu estava realmente irreconhecível, não aceitava que aquela mulher que via no espelho era eu! E foi aí que a minha autoestima despencou de vez e a depressão me derrubou, eu até fingia estar bem, mas não estava!”

ludmilla pessotti gordaE depois de tantas pancadas da vida, Ludmilla Pessotti foi atrás de médicos, tratamentos, dietas, tudo para eliminar o peso. Mas assim que ela conseguia emagrecer, logo o peso voltava a aumentar.”Me sentia impotente com meu próprio corpo, e parecia que todo mundo só queria meu dinheiro e não estavam realmente preocupados com o meu resultado. Eu tentei me sentir melhor, colocando mega hair, cílios postiços, lente de contato, mas sabia que aquilo era como minha felicidade…falsa.”

Foi então que o pai dela comentou sobre um médico chamado Dr. Lair Ribeiro que estava trazendo uma dieta chamada de Dieta HCG para o Brasil, que parecia ser bem promissora.

“No começo foi bem difícil conseguir encontrar algum médico na cidade onde eu moro que trabalhe com essa dieta. Mas eu não desisti, achei o médico e em 40 dias eliminei 15kg sem ter que fazer grande esforço, sem me sujeitar a exercícios agressivos nem passar vergonha na academia.”

Ludmilla depois repetiu o protocolo de emagrecimento com HCG e eliminou o restante do peso que precisava, e conseguiu manter o peso por longa data após o seu emagrecimento. “Hoje eu me alimento 80% saudável, pois não sou de ferro, pratico atividade física umas 3 vezes na semana e tenho uma vida muito mais feliz. Emagrecer me devolveu a alegria de viver!”

ludmilla pessotti felizHistórias como da Ludmilla Pessotti nos enchem de motivação e esperança. Independente da estratégia alimentar que seu médico e nutricionista lhe indique, entenda que a primeira pessoa interessada no seu sucesso, é você.

Entenda também, que infelizmente muitas vezes, você vai acabar se vendo sozinho, em um mundo tão corrido, caótico, onde os “alimentos” nocivos são mais baratos e práticos que os saudáveis, onde nem todo mundo a sua volta tem interesse em manter bons hábitos alimentares e onde a maioria só está correndo atrás de dinheiro, sem saber que no final, quem não tem saúde paga todo o dinheiro que tem para ter ela de volta.

ludmilla pessotti alegria de viverTe convidamos a ter essa noção de como o futuro pode ser maravilhoso, “envelhecendo sem ficar velho”, podendo ter saúde enquanto estiver nessa terra, usufruindo de uma vida plena, comendo para nutrir seu corpo e não para matá-lo, e encontrando alegria em se movimentar, abandonando o sedentarismo de uma vez por todas.

Se você, assim como a Ludmilla Pessotti, tem uma história de superação e quer compartilhar, te encorajamos a ajudar outras pessoas com sua história, nos contando tudo clicando aqui. Será uma honra saber mais sobre você, suas vitórias e te ter mais pertinho da gente!!!

Ludmilla Pessotti

Author

Ludmilla Pessotti é CEO e idealizadora do Balança Certa. Com faculdade de Administração, Marketing e Moda. Fez também diversos cursos de coaching, alta performance, desenvolvimento pessoal, entre outros, onde conseguiu conectar as melhores áreas para criar um site colaborativo criado para levar vida saudável a toda a população.