A prática regular de atividades físicas como a corrida é essencial por diversos motivos, que vão desde a manutenção do peso na balança até a melhora do estresse e da ansiedade.

Por não depender de uma matrícula na academia e por ser facilmente praticada em todos os lugares e em todas as horas, a corrida é uma das opções que muitas pessoas fazem na hora de se manter em forma.

Embora seja recomendada pelos médicos e educadores físicos, é necessário ficar atenta, pois não é raro que as pessoas se lesionem nesse momento, mas seja porque não possuem o preparo físico que uma corrida pode exigir, seja por não observar certas técnicas que você poderá aprender ao ler esse artigo.

Busque o médico e verifique se esse é um exercício físico adequado para você

corrida

FOTO: PEXELS

Antes de começar a falar sobre a primeira técnica para diminuir as lesões durante a corrida, vale lembrar que é essencial verificar com o seu médico se essa atividade física é adequada para o seu caso. Como você produz muito impacto ao correr, não costuma ser indicada a corrida para pessoas com problemas de joelho (condromalácia, tendinite) ou artrite.

Dê tempo ao tempo, respeite seu limite!

corrida

FOTO: PEXELS

Calma! Se você começou a praticar corrida ontem, não se compare com o maratonista que passa por você levantando poeira.

Primeiro porque você não sabe se ele corre desde que era criança e segundo porque cada pessoa possui o seu limite. A partir do momento que você desrespeita os limites impostos pela sua musculatura, os riscos de lesão aumentam e talvez você tenha que ficar parado por muito tempo para se recuperar e poder voltar a correr novamente.

O ideal é que todos os dias você aumente um pouco mais a velocidade e a distância a ser percorrida. Cada dia uma meta é batida e assim você garante um melhor desempenho e a ausência das indesejadas lesões.

Alongamento antes e depois

corrida

FOTO: PEXELS

Uma técnica importante para diminuir as lesões na hora da corrida é sempre se alongar. Antes de correr, o alongamento pode ser mais rápido. Alongue os membros inferiores, posterior de coxa, glúteos e quadril. Alongue também os membros superiores. Cada alongamento durando cerca de 20 a 30 segundos.

Após a corrida, você deve se alongar novamente. Dessa vez, faça mais exercícios de alongamento, relaxe e deixe seu corpo descansar para a próxima corrida.

Aquecimento é essencial

corrida

FOTO: PEXELS

Além do alongamento, é essencial que você esteja aquecido. Inicie com uma caminhada e aos poucos vá ganhando velocidade. Assim, você diminuirá os riscos de sofrer uma lesão.

Alimente-se bem e descanse

corrida

FOTO: PEXELS

Uma alimentação saudável e balanceada faz toda diferença na hora de repor suas energias para estar preparado para correr novamente e não sofrer impacto da mesma forma, buscando sempre o equilíbrio.

Planeje a sua corrida

corrida

FOTO: PEXELS

Tudo na vida precisa de planejamento e com a corrida não é diferente. Antes de sair correndo por aí é importante que planejar quantos quilômetros você vai percorrer; qual a intensidade; qual a velocidade, tipo de terreno, etc.

A partir desses fatores; você vai conseguir descobrir qual corrida que dá mais resultado para o seu caso e que o seu corpo se adapta melhor.

Agora que você já aprendeu essas ótimas dicas, é só calçar o tênis e partir para o calçadão!

Veja também:

Benefícios Da Abóbora Para A Sua Saúde – Aproveite

Corrida: 5 Técnicas para diminuir as lesões durante a sua prática
Classifique

Nenhum comentário para "Corrida: 5 Técnicas para diminuir as lesões durante a sua prática"

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    WhatsApp chat