Fazer uma atividade física é fundamental para ter mais qualidade de vida e, principalmente, mais saúde. Mas, para isso, é importante fazer uma boa preparação antes dos exercícios, evitando lesões e garantindo que seu corpo esteja pronto para a atividade.

Nesse momento de preparação, dois elementos são cruciais para garantir que tudo corra bem e não aconteçam lesões: o fortalecimento muscular e o alongamento. Você sabe quais as diferenças entre um e o outro? Conhece os benefícios destas técnicas?

Não? Então esse texto é para você. Aqui contaremos exatamente quais as diferenças entre o alongamento e o fortalecimento muscular, e como eles poderão transformar sua rotina de exercícios.

Alongamento x fortalecimento – o que cada um deles pode fazer por você

Alongamento muscular

maxresdefault

Foto: MUSCULOS

O alongamento muscular é a primeira atividade a ser feita antes de praticarmos um exercício físico, mesmo que se uma simples caminhada, por exemplo. O alongamento é fundamental pois é com ele que a musculatura será aquecida e “esticada”.

Esses movimentos melhoram a flexibilidade dos músculos, permitindo que as articulações respondam corretamente aos movimentos de cada um deles.

Além disso, fazer alongamento ajuda a evitar lesões, dá mais elasticidade e agilidade na prática da atividade física, deixa o corpo relaxado, facilita a circulação sanguínea e melhora os movimentos.

O alongamento permite, ainda, que seus músculos não fiquem encurtados, além de ajudar a eliminar o ácido lático, evitando aquelas temidas dores que sentimos depois de uma rotina puxada de exercícios.

Quando fazer o alongamento

Embora seja indicado para antes dos exercícios, o alongamento pode ser feito em qualquer momento do dia, e em praticamente qualquer lugar. Você pode se alongar, por exemplo, enquanto está assistindo TV, depois de acordar, enquanto está no trabalho ou, ainda, antes de ir dormir, para retirar parte das tensões acumuladas.

Objetivos do alongamento

O alongamento tem como objetivo principal aumentar as fibras musculares, aumentando a flexibilidade das fibras que compõem os músculos, deixando-as mais elásticas e permitindo uma maior mobilidade, tornando os exercícios mais efetivos.

Essa atividade ajuda, ainda, a combater o estresse, já que “estica” os músculos, contraídos pela alta carga emocional que recai sobre quem está sob grande pressão.

Queima de calorias do alongamento

189931-afinal-quais-as-vantagens-de-se-fazer-um-alongamento-diario

Foto: CURANTE

Embora se trate de uma atividade física, o alongamento não promove a perda de peso, pois não há consumo significativo de calorias para motivar o emagrecimento.

O alongamento tem como objetivo apenas aquecer os músculos e articulações e prepará-los para a prática de exercícios de mais impacto. No entanto, o alongamento contribui para que os exercícios sejam mais efetivos no emagrecimento, pois ele aumenta a intensidade das atividades e deixa o metabolismo funcionando de forma mais rápida.

Frequência do alongamento

run

Foto: TECNHOGYM

O alongamento pode ser feito gradualmente, mas com constância, para que os exercícios tenham os resultados desejados. É importante que ele seja feito sempre nos momentos que antecederem a prática das atividades físicas, para que seus efeitos benéficos sejam sentidos.

O tempo dedicado ao alongamento também pode variar, com mínimo de vinte minutos e máximo de uma hora.

Fortalecimento muscular

At the gym

Foto: UP

Se o alongamento acontece antes dos exercícios, o fortalecimento muscular é feito depois de uma série de atividades pensada exatamente para isso, e deve ser feito por atletas, já que tem atividades de alto impacto.

Além de fortalecer os músculos, o fortalecimento muscular trabalha a força e a flexibilidade, com atividades planejadas para serem executadas durante a musculação e também estimula a mobilidade dos atletas, independente de sua faixa etária.

Onde praticar o fortalecimento muscular

Como exigem maior esforço de quem pratica a atividade física, o fortalecimento muscular não deve ser praticado por qualquer pessoa, sem o acompanhamento de um profissional de educação física, pois pode provocar sérias lesões e prejuízos, já que o peso levantado costuma aumentar à medida que a capacidade do indivíduo cresce.

Por isso, o mais recomendado é que o fortalecimento muscular seja feito em uma academia ou espaço com equipamentos corretos e assistência adequada, garantindo que os resultados sejam aqueles desejados.

Objetivo do fortalecimento muscular

ponte-616x330

Foto: BLOOFIT

O fortalecimento muscular tem como principal objetivo dar força aos músculos permitindo, por exemplo, não apenas que a pessoa consiga levantar uma quantidade maior de peso, mas também modificando sua mobilidade, como o que acontece com os idosos ou pessoas acima dos 55 anos.

Com esse fortalecimento, os idosos conseguem conduzir suas atividades cotidianas, mantendo assim sua independência e correndo menos riscos de sofrer lesões, que podem demorar mais tempo para cicatrizar, por conta do metabolismo mais lento.

O fortalecimento muscular permite, também, o crescimento da massa muscular, graças à tensão sofrida pelas fibras musculares, que aumentam de tamanho pelo crescimento da necessidade energética das células por conta dos exercícios mais pesados.

Os exercícios de fortalecimento muscular promovem, também, um aumento na flexibilidade, graças ao aumento da elasticidade das fibras musculares, permitindo a prática de movimentos específicos mais facilmente.

Queima de calorias no fortalecimento muscular

id2_n_aaa10e7e1758b862640ca8bd655991d2

Foto: ATIVO

O fortalecimento muscular é uma atividade que permite o emagrecimento, pois além de ser composta por exercícios com alto consumo energético, esse fortalecimento acelera o metabolismo.

É esse metabolismo mais rápido que, acompanhado de uma dieta com baixas calorias e atividade física intensa contribui para a perda de peso rápido e aumento da massa magra.

Frequência do fortalecimento muscular

250568-treino-de-fortalecimento-muscular-como-e-e-por-que-e-importante-para-a-saude

Foto: BLOG FIT

A frequência com que os exercícios de fortalecimento muscular são feitos é definida de acordo com o programa de treinos definido e o objetivo definido com o programa.

No entanto, assim como no alongamento, para que o fortalecimento muscular traga os resultados desejados, é importante que os exercícios sejam feitos regularmente, e elevados gradualmente, para que não haja o risco de lesões.

É importante também conciliar a prática regular dos exercícios de fortalecimento muscular com uma alimentação adequada, para que o corpo consiga produzir a massa magra necessária para estimular a crescimento muscular, seu fortalecimento, garantir a elasticidade e a mobilidade.

Outro cuidado muito importante é não abrir mão do alongamento. Alongamento e fortalecimento muscular caminham juntos, e são igualmente importantes para que os benefícios da atividade física sejam sentidos.

Quer mais informações como essa? Curta nosso Instagram!

Confira mais conteúdos:

Lugol: O que é e por que emagrece?

Principais erros que atrapalham o ganho de massa muscular

Vitamina D para turbinar seu treino

Qual a diferença entre alongamento e fortalecimento muscular?
Classifique

Nenhum comentário para "Qual a diferença entre alongamento e fortalecimento muscular?"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *