transgênicos

Os alimentos foram criados por DEUS, mas o homem vem brincando de deus nos últimos anos, querendo modificar o que é perfeito. O ruim é que o homem não vem se preocupando com a parte nutricional, ou o que poderia trazer de melhor em cada alimento, e sim vem se preocupando apenas com a parte comercial. Modificando os alimentos para favorecer alguma característica comercialmente desejável.

E olha só que loucura isso…uma espécie transgênica não ocorre na natureza naturalmente, só ocorre mediante intervenção tecnológica, sabe o que isso quer dizer?

Que os alimentos que antes eram livres, estão sendo patenteados pelo inventor, ou seja a indústria.

Um alface, um tomate, um milho de ocorrência natural são de domínio público, ou seja, qualquer um pode plantar alface, tomate, milho em sua terra, mas um alface, tomate ou milho transgênico é um produto patenteado, cujo dono (a indústria) controla, quando e quanto pode ser plantado, onde, como, porque…Os alimentos transgênicos são estéreis, não podem ser replantados; você precisa comprar as sementes do fabricante (dono!) a cada nova safra.

Isso mesmo, eles esterilizam a planta, e se você quiser plantar uma nova leva, precisa gastar mais dinheiro e comprar deles mais sementes.

transgênicos

Transgênicos suportam quantidades muito maiores de agrotóxicos que qualquer outra planta natural ao redor e isso é, ainda por cima, considerado uma vantagem! Mas é claro que eles não estão levando em conta a saúde dos consumidores, e sim apenas o desperdício na colheita, etc. 

Alimentos transgênicos suportam agrotóxicos muito mais fortes, e esses agrotóxicos contaminam plantações vizinhas, lençóis de água e o planeta. Estamos fadados a nos intoxicar de tomate a tomate, e mesmo nos alimentando de frutas verduras e legumes, ainda sim infelizmente corremos risco. 

É uma manga sem fiapos aqui…uma uva sem caroço ali…e assim vai, nos enchendo no dia a dia de facilidades que nos farão cair enfermos na cama mais para frente.

O pólen da planta transgênica causa dano à vida dos importantes organismos polinizadores (ex: borboletas). Desses organismos polinizadores depende, nada mais, nada menos, que a vida na Terra como nós a conhecemos. Matando esses polinizadores o que será do meio ambiente?

O vento leva o pólen transgênico, provocando fluxo genético para as plantas selvagens de terras vizinhas, o que pode gerar processos judiciais da indústria perante o agricultor dono dessas terras onde agora se encontram plantas com os genes patenteados. É basicamente a indústria querendo controlar até as forças da natureza. 

As autoridades não parecem se preocupar com a questão ética do homem brincando de Deus para “melhorar” a natureza. Na verdade eles estão em parceria: Empresas químicas, indústria dos alimentos, indústrias farmacêuticas e políticos corruptos que recebem fortunas, para fazer vista grossa ou até mesmo para criarem novas leis, facilitando esses abusos.

transgênicos

Denúncia: No Brasil, foi aprovado em 27 de abril de 2015 projeto de lei para tirar a obrigatoriedade de rotular de Transgênicos os alimentos transgênicos, ou seja, perdemos o direito de saber o que estamos comendo.

Ao mesmo tempo, foi dificultada a rotulagem e identificação de “isentos de transgênicos” em alimentos que de fato não são transgênicos.

Agora para conseguir informar a população, no rótulo, de que o seu alimento não é transgênico, é necessário submetê-lo a testes tão caros a ponto de inviabilizar sua realização para a maioria dos pequenos produtores. 

Você percebe a gravidade disso? A indústria de transgênicos não precisa mais alertar sobre os produtos envenenados que eles estão vendendo. E quem tem produtos não transgênicos possuem dificuldades imensas em dizer isso, pois são impedidos.

Nos USA isso é obrigatório, por isso que uma marca famosa mundialmente, de shakes emagrecedores (essa mesmo que você está pensando), as linhas dos shakes que vem dos USA possuem o rótulo de alimentos transgênicos, e já os shakes que são envasados aqui não tem o selo, eles alegam que dentro dos potes somente produtos naturais, porém isso não é verdade, apenas é mascarado pelas leis do Brasil  :  (

Infelizmente poucos alimentos industrializados possuem o selo, porém deixo ele aqui embaixo para que você não compre nenhum alimento que tenha esse rótulo.

Meu desejo é que você e sua família tenham uma vida longa, feliz,  muito saudável, longe de hospitais e remédios desnecessários.

Se achou esse artigo interessante, compartilha com as pessoas que você ama, esse assunto é de utilidade pública.

Abraço grande.

LovLud

transgênicos

Denúncia: Você não tem mais o direito de saber o que está comendo
5 (100%) 1 vote

3 comentários para "Denúncia: Você não tem mais o direito de saber o que está comendo"

  1. […] se unir com uma grande empresa de agrotóxicos com o único objetivo de juntas, se tornarem uma potência econômica, lucrando à custa da sua doença? Saiba que esta negociação existiu entre uma grande indústria […]

  2. […] Veja só, na natureza, quase todas as gorduras e óleos possuem uma estrutura, só que após sofrerem a ação de um bombeamento de hidrogênio sob alta pressão e temperatura, a estrutura se modifica e essas gorduras passam a receber o nome de trans. […]

  3. […] alergias alimentares. Além disso, somos bombardeados pelos alimentos geneticamente modificados (falo mais neste artigo) que de nada sabemos os efeitos e pelos alimentos com agrotóxicos (conto tudo aqui) , que também […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat